Notícias de Última Hora

PGR recorre contra liminar que mandou soltar Elias Maluco

Elias Maluco tem seis condenações contra ele, que somam 60 anos de prisão

Reprodução/TV Globo
A Subprocuradoria-Geral da República entrou com um recurso no STF contra a decisão em caráter liminar do ministro Marco Aurélio Mello, que mandou soltar o traficante Elias Maluco, que atuou diretamente no assassinato do jornalista Tim Lopes.

Lopes foi identificado, preso, torturado e assassinado em uma favela da Zona Norte do Rio de Janeiro.

A decisão chamou a atenção do poder judiciário do Rio de Janeiro e do governo federal. O recurso foi apresentado nesta segunda-feira.

Elias Maluco, por enquanto, não pode ser solto, já que é alvo de outras condenações. O criminoso tem cinco acusações, que comam quase 60 anos de reclusão. O traficante está preso no presídio de Catanduvas, no Paraná.

Com informações do repórter Rodrigo Viga