Notícias de Última Hora

Projeto de Lei do PCdoB que propõe a legalização do poliamor e do incesto será votado na CDHM no próximo dia 21

O Projeto de Lei n. 3.369/2015′, do Partido Comunista do Brasil, recebeu o nome de ‘Estatuto das Famílias do Século XXI’

Marcos Oliveira | Agência Brasil
O Projeto de Lei n. 3.369/2015 do comunista Orlando Silva (PCdoB) será votado no próximo dia 21, conhecido como “Estatuto das Famílias do Século XXI”.

A informação é do portal Estudos Nacionais.

O projeto de lei legaliza o incesto no Brasil (casamento entre pais e filhos ou parentes próximos) e ainda, a união de “duas ou mais pessoas”.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

A ideia é fazer com que o Estado reconheça “todas as formas de amor”, independente da consanguinidade, quantidade de pessoas, gêneros e outros.

A regra regulamentaria “casamentos” de filhos com filhos, mães e pais com filhos e todo o tipo de relação que poderia ser considerada como “amorosa”.

São possibilidades infinitas de agrupamentos de pessoas que podem ser consideradas famílias, que só poderiam ter surgido na cabeça de comunistas mesmos.



A reportagem do Estudos Nacionais também informa que a Comissão de Direitos Humanos e Minoria é formada principalmente por esquerdistas, contendo apenas um integrante do PSL, o Dep. Filipe Barros.

A CDHM é formada por pessoas como Helder Salomão (PT/ES), Padre João (PT/MG), o namorado da Fátima Bernades, Túlio Gadelha (PDT-PE) e Camilo Capiberibe (PSB-AP).

A proposta original pode ser lida no seguinte link:


https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1402854&filename=PL+3369/2015

Fonte: Conexão Política