Notícias de Última Hora

Projeto que define família como ‘todas as formas de união’ sai da pauta em comissão da Câmara

O Projeto de Lei n. 3.369/2015′, do Partido Comunista do Brasil, recebeu o nome de ‘Estatuto das Famílias do Século XXI’

Pablo Valadares | Câmara dos Deputados
O deputado petista Helder Salomão, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, retirou da pauta de hoje o projeto de lei que reconhece como família “todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor”.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Segundo informações, Salomão afirmo que tomou a decisão após um pedido do autor, Orlando Silva (PC do B), e do relator, Túlio Gadêlha (PDT), o namorado de Fátima Bernardes.


A proposta foi apresentada, originalmente, em 2015.

“Desse modo, ao Estado cabe o reconhecimento formal de qualquer forma digna e amorosa de reunião familiar, independentemente de critérios de gênero, orientação sexual, consanguinidade, religiosidade, raça ou qualquer outro que possa obstruir a legítima vontade de pessoas que queiram constituir-se enquanto família”, diz o parlamentar em trecho da justificativa do projeto, que tem apenas quatro parágrafos (veja AQUI a íntegra).

A informação é do portal O Antagonista.