Notícias de Última Hora

Secretário de Cultura deixa cargo após suspensão de edital LGBT

“Eu não vou chancelar a censura”, disse o secretário que pediu demissão ao ministro da Cidadania


O secretário especial de Cultura, Henrique Pires, acertou, nesta quarta-feira (21), a sua saída do cargo com o ministro da Cidadania, Osmar Terra.


Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Pires decidiu renunciar após o ministério suspender um edital que havia selecionado séries sobre diversidade de gênero e sexualidade a serem exibidas nas TVs públicas.

A suspensão ocorreu após o presidente da República, Jair Bolsonaro, criticar projetos que estavam pré-selecionados pelo edital.

“Isso [suspensão] é uma gota d’água, porque vem acontecendo. E tenho sido uma voz dissonante interna”, disse o agora ex-secretário.

“Eu tenho o maior respeito pelo presidente da República, tenho o maior respeito pelo ministro, mas eu não vou chancelar a censura”, acrescentou Pires.



Em mensagem publicada na rede social Twitter, Bolsonaro confirmou a suspensão do edital ao compartilhar um print de uma matéria jornalística sobre o assunto.


Com informações do site G1