Notícias de Última Hora

Aras vai revisar ações de Dodge contra pautas de Bolsonaro

Aras poderá mudar o entendimento expresso por Dodge junto ao STF em relação a algumas pautas


O próximo procurador-geral da República, Augusto Aras, pretende reavaliar ações e manifestações apresentadas por sua antecessora, Raquel Dodge, contra pautas caras ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Aras não terá poder para retirar as ações já remetidas ao Supremo Tribunal Federal (STF), mas existe a possibilidade legal de que apresente novos entendimentos no curso dos processos, principalmente ao fim da instrução dos autos.

Este planejamento de Aras é uma preocupação da equipe que assessorou Dodge, segundo fontes da Procuradoria-Geral da República (PGR) ouvidas pelo jornal O Globo.


Nos últimos seis dias de seu mandato, Dodge disparou “flechadas” contra iniciativas do governo e ideias vista com bons olhos por Bolsonaro, entre elas a chamada “Escola Sem Partido”, a ampliação do porte e da posse de armas, a redução de assentos em conselhos com poder de decisão e a vedação de novas demarcações de terras indígenas.

As iniciativas geraram uma rejeição imediata entre procuradores conservadores convidados por Aras para integrar seu gabinete na PGR.


Com informações do jornal O Globo