Notícias de Última Hora

Araújo diz que mundo tem inveja do acesso do Brasil a Trump

Chefe do Itamaraty disse que a reunião que teve no último fim de semana com Trump foi um claro sinal de reaproximação entre Brasil e EUA


Em entrevista alguns dias depois de visitar a Casa Branca, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse que a reunião que teve no último fim de semana com o presidente norte-americano, Donald Trump, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro foi um claro sinal de reaproximação entre Brasil e Estados Unidos.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Araújo disse que Trump dará tratamento especial ao filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, caso ele seja confirmado como embaixador em Washington:

“É raríssimo o presidente dos EUA receber quem não seja presidente ou chefe de estado. Indica uma posição muito especial da nossa relação. Ficou claro que Eduardo Bolsonaro será muito bem-vindo e terá acesso direto aos círculos mais altos e ao próprio Trump.”



O presidente dos EUA chama muito poucos embaixadores pelo primeiro nome, acrescentou Araújo, e outros países “têm inveja, caso venha se concretizar isso, de o Brasil ter em Washington um embaixador que terá seguramente o nível de acesso que o Eduardo terá”.

Fonte: Renova Mídia