Notícias de Última Hora

Ato na USP pró-Greenwald tem gritos de Lula Livre e ataques a Bolsonaro

USP sediou mais um evento da extrema-esquerda a favor da liberdade de Lula e contra a Lava Jato


Um ato realizado nesta segunda-feira (9) no salão nobre da Faculdade de Direito da USP, em São Paulo, foi repleto de ataques ao governo Jair Bolsonaro, manifestações de apoio ao militante norte-americano Glenn Greenwald e pedidos de libertação do presidiário Lula da Silva (PT).

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

O espaço estava lotado, com boa parte das pessoas carregando bandeiras e faixas de “Lula livre” e contra a Operação Lava Jato.

Em discurso durante o evento, Greenwald acusou Bolsonaro de atacar sua família com o intuito de interromper a publicação de reportagens baseadas em supostas mensagens trocadas entre o ministro da Justiça, Sergio Moro, e procuradores da Lava Jato enquanto o ministro era juiz federal em Curitiba.



Os discursos foram interrompidos várias vezes por gritos de “Lula livre” e canções atacando Bolsonaro e Moro.

O ato foi organizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas), ABI (Associação Brasileira de Imprensa), Instituto Vladimir Herzog e os centros acadêmicos da USP Lupe Cotrim, Vladimir Herzog e 11 de Agosto.

Com informações do jornal Folha de S.Paulo