Notícias de Última Hora

Depois do firme discurso de Bolsonaro, Emmanuel Macron arregou geral "só quero ajudar, só isso"


Emmanuel Macron disse que estava “na correria” e não ouviu o discurso de Jair Bolsonaro.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Mas disse o seguinte, quando confrontado com as afirmações do presidente brasileiro sobre a visão “colonialista” a respeito da preservação da Amazônia:

Eu acho que todos nós só queremos ajudar as pessoas da Amazônia. Temos muitas pessoas envolvidas no futuro da Amazônia e acho que o que queremos fazer é ajudar as pessoas, com completo respeito pela soberania, ajudando o povo. Não é questão de lobby ou interesse, os lobbies são para destruir a floresta para seus próprios interesses. O que nós queremos fazer é ajudar pessoas para elas mesmas e para o futuro da Amazônia, porque é um bem comum.


Bolsonaro, mesmo sem citar o nome do presidente francês, Emmanuel Macron, disparou contra o líder europeu. “Um país, ao invés de ajudar, embarcou nas mentiras da mídia e se portou de forma despropositada e colonialista”, atacou. “Um deles, por ocasião do encontro do G7 ousou sugerir sanções ao Brasil sem sequer nos ouvir". "Agradeço os que não aceitaram levar adiante essa absurda proposta”, afirmou. "Respeito a liberdade e soberania de cada um de nós".



Emmanuel Macron sentiu que Bolsonaro não está para brincadeira, arregou geral ! Macron, está totalmente desorientado.

Assista o discurso completo do presidente:


Fonte: Jornal Brasil 21