Notícias de Última Hora

Maia apresentou emenda parlamentar redigida por OAS, diz Léo Pinheiro

Presidente da Câmara recebeu R$ 1 milhão por atuação em favor de empreiteira

Rodrigo Maia. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, afirmou em delação que Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, apresentou uma emenda parlamentar redigida pela própria empresa, que defendia os interesses da empreiteira em uma medida provisória.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

A emenda seria a nº 6 da MP 652/2014, que tinha como tema a aviação regional, de interesse da OAS pelas concessões para explorar aeroportos.

Segundo Bela Megale, do O Globo, a emenda estabelecia que “qualquer aeroporto privado deverá ter isonomia de impostos e taxas com aeroportos concorrentes”, o que beneficiaria a OAS, segundo o executivo.

A emenda proposta por Maia foi rejeitada na Câmara dos Deputados e acabou extinta em novembro de 2014, mas o presidente da Câmara recebeu um pagamento de R$ 1 milhão pela atuação.



Esse pagamento teria sido feito através de doações oficiais à campanha eleitoral de 2014 de seu pai, Cesar Maia (DEM), ao Senado.

Léo Pinheiro apresentou elementos de corroboração sobre o assunto, mas a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, considerou os relatos e as provas insuficientes para abrir investigação.

A decisão de Dodge resultou no pedido de demissão coletivo por integrantes da Lava Jato na PGR, que não concordaram com a atitude da procuradora-geral.