Notícias de Última Hora

Mulher de Macron é 'feia mesmo', diz Paulo Guedes

Guedes argumentou, ainda, que as críticas deveriam ser feitas à declaração de Macron sobre fazer uma intervenção internacional na Amazônia

Paulo Guedes em palestra realizada em Fortaleza
O ministro Paulo Guedes (Economia) disse nesta quinta-feira (5) em Fortaleza que Brigitte Macron, mulher de Emmanuel Macron, presidente da França, "é feia mesmo". Na ocasião, o ministro falou ainda sobre a necessidade de acelerar as privatizações no país e defendeu a venda dos Correios para a iniciativa privada.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Em uma palestra para convidados no evento "A Nova Economia do Brasil - o impacto para a região Nordeste", Guedes falava sobre o que classificou como "progresso" do governo de Jair Bolsonaro em setores diversos quando citou o episódio em que o presidente falou sobre a mulher de Macron.

"Eu tô vendo o progresso em várias frentes, mas nada disso... é... tudo isso é assim... a preocupação é assim: xingaram a [Michele] Bachelet, xingaram a mulher do Macron , chamaram a mulher de feia. Macron falou que tão botando fogo na floresta brasileira e o presidente devolveu: 'que a mulher dele é feia, por isso ele tá falando isso'. Tudo bem, é divertido, não tem problema nenhum. É tudo normal e é tudo verdade. Presidente falou mesmo, e é verdade mesmo, a mulher é feia mesmo [sorri, e a plateia ri e aplaude] . Não existe mulher feia, existe mulher observada do ângulo errado".


Após a palestra, o ministro foi questionado, durante a coletiva de imprensa, sobre a afirmação que deu a respeito da esposa de Macron, e respondeu: "Chamar a primeira dama de feia? Não sei do que você tá falando". Em seguida, explicou: "O que eu tenho a ver com a opinião a respeito da primeira dama francesa? Você viu que a gente brincando, falando que o presidente é uma pessoa com bons princípios, e às vezes, na forma de falar, ele extrapola, brinca...".

Guedes argumentou, ainda, que as críticas deveriam ser feitas à declaração de Macron sobre fazer uma intervenção internacional na Amazônia. "Vocês deviam estar criticando isso, o Macron tá querendo fazer uma intervenção porque chamaram a mulher dele de feia, olha só que coisa horrível. Quer dizer que se alguém chamar sua mulher de feia você pode fazer uma intervenção internacional? Em quem chamou a mulher de feia? Você devia criticar isso. Você apoia uma intervenção internacional no Brasil, na Amazônia?", questionou.




A Embaixada da França em Brasília informou que não vai se manifestar sobre a declaração do ministro.

Com informações do G1