Notícias de Última Hora

Marido traído resolve “lavar a roupa suja” na rede e abala o maior escritório de advocacia do país


Uma bomba no meio jurídico foi detonada pelo marido traído de uma das sócias de um dos mais tradicionais escritórios de advocacia do país, e, possivelmente, o maior, com uma vasta clientela que compreende mais de 6 mil clientes.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Fundado em 1938, o escritório Pinheiro Neto atua em todo o Brasil e em outros países, possuindo sedes em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e nos Estados Unidos.


A acusação de traição conjugal partiu de Antonio Guzman, diretor de uma empresa de alimentos e ex-marido de uma das sócias do escritório.

Segundo ele, a ex-mulher teve uma relação extraconjugal que perdurou por mais de 14 anos com outro sócio da empresa jurídica.

Veja abaixo o relato completo:



“Com muita tristeza no coração eu gostaria de tornar público pra tentar aplacar um pouco da dor que vou carregar para o resto da minha vida que a minha ex-esposa, que é sócia da área tributária do escritório Pinheiro Neto manteve um caso extraconjugal [com outro sócio da firma], casado e com 3 filhos por 14 anos enquanto esteve comigo. Tenho vasto material que comprova esse relacionamento. Estou postando aqui como forma de reparar todos os danos psicológicos causados a mim por conta desse relacionamento sujo e que certamente afeta a imagem desse escritório tão renomado. Minha ex se vendeu e destruiu minha família com um único objetivo de se tornar sócia já que sabia que se não agisse dessa forma não conseguiria tal objetivo […] Só estou desabafando como forma de aliviar um pouco a dor que ambos causaram para o resto da minha vida… Pena saber que um escritório como o Pinheiro Neto seja ‘permisso’ com tais atitudes”