Notícias de Última Hora

População segue nas ruas da Bolívia pedindo novas eleições

Os protestos continuaram na Bolívia, após quase duas semanas das eleições presidenciais


Manifestantes voltaram às ruas da Bolívia, nesta sexta-feira, 1º de novembro, para protestar contra o resultado da eleição que deu a Evo Morales o quarto mandato presidencial consecutivo.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Desta vez, grupos também se posicionaram contra o segundo colocado na votação, Carlos Mesa, em um ato que ficou marcado como “Nem Evo, Nem Mesa”.


Os protestos ocorrem no início da auditoria comandada pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

Evo prometeu apoiar um segundo turno com Mesa caso se comprove a fraude denunciada pelos opositores.


Fonte: Renova Mídia