Notícias de Última Hora

TSE decide se Aliança pelo Brasil pode usar assinaturas digitais

Uma decisão favorável do TSE faria com que a formação da Aliança pelo Brasil acontecesse em trinta dias, diz Bolsonaro


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analisa, nesta terça-feira (26), se assinaturas digitais podem ser utilizadas para comprovar o apoio popular mínimo exigido para registrar um novo partido no Brasil.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

A Aliança pelo Brasil, nova legenda do presidente da República, Jair Bolsonaro, quer usar a tecnologia para apresentar as 500 mil assinaturas necessárias para poder disputar a eleição de 2020.

Na última semana, o Ministério Público Eleitoral (MPE) posicionou-se contra esta possibilidade. O órgão afirmou que, apesar de ser lícito, não seria possível conferir a autenticidade das assinaturas.



Ainda nas semana passada, Bolsonaro disse que uma decisão favorável do TSE sobre assinaturas eletrônicas faria com que a formação do partido acontecesse em um mês.

“Se não for, vai demorar aí alguns meses. Longos meses. Se passar só para biometria também ajuda, que eu acho que a maior parte dos eleitores estão na biometria, aí se resolve isso aí”, acrescentou Bolsonaro.

Fonte: Renova Mídia