Notícias de Última Hora

Alerta! Uma das posições sexuais mais populares é extremamente perigosa

Foto: Reprodução Pixabay
Um novo estudo sobre posições sexuais e possíveis lesões causadas pelas mesmas revelou que, na verdade, a posição mais tradicional de todas está entre as mais perigosas para os homens.

Nas relações heterossexuais, a posição de missionário, em que o homem fica por cima da mulher, é a segunda que mais pode provocar fraturas penianas. Em termos percentuais, fica assim: homem por trás da mulher (44%), missionário (25%) e mulher por cima (10%).


Essa relação foi baseada em 90 pacientes heterossexuais que tiveram esse tipo de lesão durante o sexo e falaram sobre como esta aconteceu. “Podemos especular que, quando o homem está na posição dominante e extremamente 'animado', a relação sexual pode tornar-se extremamente vigorosa, provocando maior impacto no momento do trauma, quando o pênis desliza para fora da vagina e atinge o períneo”, explicaram os autores do estudo ao jornal britânico The Independent.

Entre as outras formas comuns que contribuem para a incidência de fraturas penianas estão a masturbação (17%) e o rolamento, quando há mudança de posição e a pessoa que está em cima fica por baixo da relação – nesse tipo, são 3% dos casos.


Felizmente, ainda são raros os casos de fratura peniana, mas a verdade é que existem e estão ligados a movimentos bruscos durante o ato sexual. É fundamental que, em caso de fratura ou outras lesões durante o sexo, a pessoa procure imediatamente ajuda médica, ainda que possa considerar a situação imensamente constrangedora.

Com informações do Portal do Holanda