Notícias de Última Hora

Norte Energia anuncia conclusão do sistema de saneamento de Altamira

Foto (Geo Engenharia)
Na última terça-feira (7), a Norte publicou um comunicado informando que concluiu a construção e operação do sistema de saneamento de Altamira, em cumprimento ao disposto no Termo de Compromisso firmado em 16/10/2018 com a Prefeitura Municipal e com a interveniência do IBAMA.

Segundo o texto, “a nova Estação de Tratamento de Água (ETA) foi entregue à municipalidade em 30 de outubro do ano passado e está sendo operada pela Norte Energia até hoje dia 10 de janeiro. A nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) foi entregue à municipalidade em 31 de dezembro de 2018 e operada pela Norte Energia até 31 de dezembro de 2019.


No estudo de Impacto ambiental (EIA) de Belo Monte, está escrito que o enchimento do reservatório de Belo Monte causa a elevação do lençol freático levando à contaminação dos aquíferos, inclusive dos poços de abastecimento de água (modalidade presente em 85% das residências na época dos estudos, em 2007).

Por isso, uma das condicionantes da hidrelétrica foi a implantação do sistema de saneamento básico em Altamira, a um custo que ultrapassou R$300 milhões.

Denúncias


Alvo de inúmeras denúncias do Ministério Público, a Hidrelétrica esteve no centro de um dos esquemas de corrupção descobertos através da Operação Lava Jato. Em 2019, a Polícia Federal prendeu Márcio Lobão, filho do ex-ministro petista e ex-senador Edison Lobão (MDB).



O Ministério Público Federal sustenta que Edison Lobão recebeu ao menos R$ 50 milhões de empreiteiras de 2008 a 2014, em esquemas de corrupção e lavagem de dinheiro que passaram pelas obras da hidrelétrica de Belo Monte.

Nesta quinta-feira (9), a Polícia Federal deflagrou operação para apurar desvios da obra da hidrelétrica de Belo Monte com o objetivo de arrecadar caixa dois para a campanha eleitoral do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB). Foi alvo de prisão temporária o ex-senador Luiz Otávio Campos, apontado como responsável por arrecadar os recursos junto aos empresários do consórcio de Belo Monte.


(Com informações G1 e Asessoria)