Notícias de Última Hora

Governo vai mudar regras e restringir uso de aviões da FAB por autoridades

Já foi definido que jato oficial será prerrogativa exclusiva de ministros titulares

Já foi definido que o uso será prerrogativa exclusiva de ministros titulares, vedada a substitutos
O Brasil poderá adotar a regra da maioria dos países europeus, onde ministros só viajam em aviões oficiais quando não há voos comerciais para o destino. Ou por razões graves de segurança. Fora disso, usam voos de carreira. Esta pode estar entre as novas regras de uso de jatos da FAB, discutidas pelos ministérios da Casa Civil, da Defesa e da Secretaria Geral. O que já está definido é que viajar em avião da FAB será prerrogativa exclusiva de ministros titulares. Substitutos, não mais.


Onyx Lorenzoni (Casa Civil) disse que Bolsonaro recomendou observar a experiência de outros países na utilização de aeronaves oficiais.

Para usar jato da FAB, o ministro terá de demonstrar, de maneira transparente, o interesse público em sua viagem, explicou Onyx.

O ministro disse que “não será mais possível” fazer viagens “casadas” para eventos em fins de semana nos seus estados.


Outra mudança que pode ser adotada no novo regramento é autorizar ministros viajarem de classe executiva, mas só em longos percursos.

A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder