Notícias de Última Hora

Moro explica uso do Exército em presídio de Brasília

Envio de militares do Exército para presídio em Brasília visa “prevenir eventual resgate de preso”


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, comentou, nesta sexta-feira (7), sobre o envio das Forças Armadas, na modalidade de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), para reforçar a segurança na área externa da Penitenciária Federal de Brasília.

Ao ser questionado por jornalistas se houve alguma tentativa de fuga, Moro disse que trata-se de uma “medida preventiva”.

“O governo tá sempre adiante dos criminosos e a ideia ali é prevenir qualquer espécie de tentativa de um eventual resgate.”



O decreto que reforça a segurança na área do presídio foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta, assinado por Moro e pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em março de 2019, a penitenciária federal de Brasília recebeu detentos como Marco Willians Herbas Camacho, apelidado de “Marcola”, líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) que foi condenado a 330 anos de reclusão.

Fonte: Renova Mídia