Notícias de Última Hora

“Se desejam o parlamentarismo, mudem a Constituição” diz General Heleno


Em uma série de mensagens publicadas no Twitter, o general Augusto Heleno escreveu que foi vítima de um “lamentável episódio de invasão de privacidade”.

Trechos de declarações dele durante reunião com o Presidente Jair Bolsonaro e outros ministros, mais cedo, no Palácio da Alvorada, foram captados pela transmissão ao vivo da internet.


Na reunião, o ministro do GSI disse que o Congresso tenta chantagear o governo nas negociações sobre o Orçamento e as emendas parlamentares.


“Em mais um lamentável episódio de invasão de privacidade, hábito louvado no Brasil, vazou para a imprensa uma conversa que tive com o Dr. Paulo Guedes e o Gen. Ramos”, tuitou Heleno.

“Ressalto que a opinião é de minha inteira responsabilidade e não é fruto de qualquer conversa anterior, seja com o Sr. Presidente da República, com o Min. Paulo Guedes, com o Min. Ramos ou com qualquer outro ministro. Externei minha visão sobre as insaciáveis reivindicações de alguns parlamentares por fatias do orçamento impositivo, o que reduz, substancialmente, o orçamento do Poder Executivo e de seus respectivos ministérios.”

E ainda:

“Isso, a meu ver, prejudica a atuação do Executivo e contraria os preceitos de um regime presidencialista. Se desejam o parlamentarismo, mudem a Constituição. Sendo assim, não falarei mais sobre o assunto.”





As informações são do site O Antagonista