Notícias de Última Hora

Polícia Civil fiscaliza 141 estabelecimentos em Belém e encerra festa em Santarém

Na capital paraense, foram fechados 13 estabelecimentos que estavam funcionando ilegalmente

141 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados - Foto: Leandro Santana / Polícia Civil
As equipes da Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM) e Diretoria de Polícia Administrativa (DPA) fiscalizaram 141 estabelecimentos comerciais entre 8h da manhã de sábado (11) e 8h da manhã deste domingo (12). O trabalho dos agentes de segurança visa o cumprimento do decreto governamental 609/2020, que estabelece o fechamento de bares, restaurantes, casas noturnas e estabelecimentos similares para evitar a disseminação da Covid-19.


As diligências foram realizadas nos bairros da Cabanagem, Cremação, Condor, Marco, Pedreira, Pratinha I e II e Tapanã. A ação fechou 13 estabelecimentos que estavam funcionando ilegalmente. Um deles, localizado no bairro da Condor, estava com as portas fechadas, mas com aglomeração de mais de 20 pessoas na parte de dentro.

Em Belém, a ação foi realizada na Cabanagem, Cremação, Condor, Marco, Pedreira, Pratinha I e II e TapanãFoto: Leandro Santana / Polícia Civil
“Recebemos a denúncia de que o bar estava funcionando com as portas fechadas por fora. A população tem nos ajudado muito principalmente neste tipo de caso. Agora, o proprietário será encaminhado para a Seccional da Cremação onde será autuado na forma da Lei por infringir determinação do poder público”, afirmou o delegado Almir Costa, coordenador da operação.


Durante a ação, as equipes receberam outra denúncia referente a realização de um evento na estrada Vila Nova, no conjunto Cidade Nova, em Ananindeua. Os policiais civis se deslocaram até o local e constataram a presença de aproximadamente 30 pessoas, entre elas 10 colombianos. Todos foram encaminhados para a Seccional de Ananindeua e assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa e desobedecer a ordem legal de funcionário público.

Muitos pontos comerciais estavam funcionando, descumprindo o decreto governamental - Foto: Leandro Santana / Polícia Civil
Operação no interior do estado - Em Salvaterra, arquipélago do Marajó, dos 17 estabelecimentos fiscalizados, quatro foram constatados em situação irregular com venda de bebida alcoólica e consumo no local. Os proprietários foram autuados e advertidos a comparecerem na Unidade Policial para adoção das medidas cabíveis.


Já em Santarém, as equipes da Polícia Civil em conjunto com a Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran e Secretarias Municipais da Prefeitura de Santarém, responsáveis pelas áreas de Trânsito e Vigilância Sanitária, encerraram uma festa rave que estava sendo realizada na comunidade de Ponta Alta. Três adolescentes foram encaminhados à delegacia e entregues aos seus responsáveis. Agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente também apreenderam um veículo que tinha sistema de som na carroceria.

Por Cristiani Souza (PC)