Notícias de Última Hora

Por segurança, Bolsonaro veta geolocalização via celular

Medida seria utilizada contra o coronavírus, mas presidente mostrou preocupação com privacidade da população

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Folhapress/Pedro Ladeira
Pensando na privacidade da população brasileira, o presidente Jair Bolsonaro decidiu barrar uma medida do Ministério da Ciência e Tecnologia que permitiria ao governo monitorar os cidadãos por meio de geolocalização de aparelhos celulares. A medida seria usada no combate ao coronavírus.

A ideia era utilizar as informações para saber sobre situações em que ocorreria o risco de contaminação por Covid-19, como em aglomerações. Um vídeo sobre a medida, inclusive, já havia sido gravado pelo ministro da Ciência e Tecnologia.


No entanto, no sábado (11), Bolsonaro ligou para o ministro e pediu que a implementação da geolocalização fosse suspensa por trazer riscos à privacidade dos brasileiros.

Além disso, o presidente teria dito ainda que a medida precisa ser melhor estudada pelo governo.

A informação foi dada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo