Notícias de Última Hora

ALEXANDRE LUNELLI E MINISTÉRIO PÚBLICO DISCUTEM MEDIDAS PARA REDUZIR O AVANÇO DA COVID-19 EM BRASIL NOVO

Apos as tratativas, foi publicado no dia 13, um novo Decreto Municipal, a pedido do Ministério Público, que restringe o acesso à restaurantes e lanchonetes


O prefeito Municipal Alexandre Lunelli participou na ultima terça-feira, 12, de uma videoconferência com a Promotora de Justiça de Brasil Novo, Juliana Nunes Felix. O objetivo foi tratar das ações de prevenção e combate ao novo Coronavírus.

Apos as tratativas, foi publicado no dia 13, um novo Decreto Municipal, a pedido do Ministério Público, que restringe o acesso à restaurantes e lanchonetes. Desse modo, apenas é permitido a entrega por meio de Delivery, ou a retirada dos alimentos na entrada dos respectivos estabelecimentos.

Ainda de acordo com a Promotora, o fechamento do comércio poderá ocorrer. “Eu não descarto essa possibilidade, vamos observar o comportamento das pessoas e o número de casos confirmados no Município. Portanto, se for preciso decretaremos o fechamento, permanecendo apenas os serviços essenciais” assegurou Juliana Felix.



Alexandre Lunelli reforçou que a prefeitura passou por adaptações, exigindo o uso de máscara em todos os setores, assim como, disponibiliza álcool em gel para os visitantes. Ainda segundo ele, serão doadas máscaras para as pessoas cadastradas no CADÚNICO.

A Secretaria de Saúde, Waleska Oliveira, anunciou que o hospital municipal, Maria José Biancardi, contará com uma área exclusiva para atender os pacientes com os sintomas do coronavírus. Os profissionais de saúde também serão específicos para esse setor.

O delegado da Polícia Civil, Theo Reis, o chefe do setor da Vigilância Sanitária, Fabiano Vargens e a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Mislene Santos, também participaram do debate.


As informações da ASCOM/PMBN