Notícias de Última Hora

Após depor na PF, Weintraub é carregado e ovacionado por cidadãos e afirma: “A primeira coisa que vão tentar calar é a liberdade de expressão”


O ministro da Educação do Governo do presidente Jair Messias Bolsonaro, Abrahaam Weintraub, prestou depoimento hoje na sede da Polícia Federal, em Brasília, a respeito de um inquérito que responde sobre supostamente ter cometido crime de racismo, após publicar em suas redes sociais que “a China poderia se beneficiar com a crise gerada pela Covid-19”.



Abraham chegou ao local por volta das duas e meia da tarde desta quinta-feira (04), e lá permaneceu durante pouco mais de meia hora. Após deixar o recinto, Weinrtaub foi recepcionado por apoiadores que gritavam pelo seu nome e o enalteciam. Na saída, segurando um megafone, ele ainda fez uma breve pronunciamento aos cidadãos presentes.

“A liberdade é a coisa mais importante numa democracia, e a primeira coisa que vão tentar calar é a liberdade de expressão. Obrigado pelo apoio, gente. Estamos juntos!” declarou o ministro.

O vídeo foi publicado nas redes sociais da deputada federal Carla Zambelli, ferrenha apoiadora do presidente Bolsonaro, que também está prestando toda sua solidariedade ao ministro da Educação.



Veja o vídeo:


Fonte: BR7