Notícias de Última Hora

EUA acusam ONU de ‘hipocrisia’ por resolução contra racismo

“Se o Conselho fosse honesto, reconheceria os pontos fortes da democracia americana”, diz Pompeo


Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, apontou a hipocrisia de uma resolução contra o racismo publicada pelo Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

O documento da ONU, que foi publicado nesta sexta-feira (19), aponta que o “sistema policial e a raça nos Estados Unidos (e) marcam um novo ponto baixo”.



Em um comunicado publicado neste sábado (20), o chefe da diplomacia dos EUA rebateu:

“Se o Conselho leva a sério a proteção dos direitos humanos, há muitas necessidades legítimas de sua atenção como as disparidades raciais sistêmicas em locais como Cuba, China e Irã.”


Pompeo completou:

“Se o Conselho fosse honesto, reconheceria os pontos fortes da democracia americana e instaria os regimes autoritários de todo o mundo a seguir o modelo da democracia americana e manter suas nações com os mesmos padrões elevados de responsabilidade e transparência que nós, americanos, aplicamos a nós mesmo.”


Fonte: Renova Mídia