Notícias de Última Hora

Liberdade de imprensa para os jornalistas amigos, cadeia para os adversários

Oswaldo Eustáquio
Na manhã de sexta-feira (26 de junho de 2020) foi preso, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF, o jornalista Oswaldo Eustáquio.

A prisão, requerida por um membro do Ministério Público Federal, foi motivada por opiniões que o jornalista expressou no exercício da profissão.



Esse ato escandaloso contra a liberdade de imprensa simplesmente NÃO FOI NOTICIADO na edição de sábado (27 de junho) do jornal O Globo.

Além de não ter sido objeto sequer de uma notinha de pé de página, também não gerou nenhum protesto dos colunistas do jornal.

Todos eles (Merval Pereira, o desequilibrado Ascanio Selene, o colunista de fofocas Ancelmo Gois e Miriam Leitão) fingiram que a prisão do colega não aconteceu.

É que Eustáquio é apoiador do presidente Bolsonaro.

Portanto, ao que tudo indica, está excluído da proteção constitucional - ao menos na visão de certos integrantes do MPF e do Supremo, bem como de parte da grande mídia...



Isso é tudo que você precisa saber sobre o quão “verdadeiro” é o compromisso desses “defensores da democracia” com a liberdade de imprensa.

Em tempo: alguma manifestação da ABI? Sindicato dos Jornalistas?

Alô?

Tem alguém em casa?


Por Marcelo Rocha Monteiro. Procurador de Justiça