Notícias de Última Hora

Queriam matar Queiroz para incriminar Bolsonaro, diz Wassef

“Eu tinha a minha mais absoluta convicção de que ele seria executado no Rio de Janeiro”, diz Wassef

Frederick Wassef (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
Frederick Wassef, ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro, afirmou que ofereceu abrigo a Fabrício Queiroz depois de receber informações de que o ex-assessor seria assassinado e o presidente da República, Jair Bolsonaro, poderia ser incriminado.

Em entrevista à revista Veja, publicada nesta sexta-feira (26), Wassef declarou:

“Passei a ter informações de que Fabrício Queiroz seria assassinado. O que estou falando aqui é absolutamente real. Eu tinha a minha mais absoluta convicção de que ele seria executado no Rio de Janeiro.”



E acrescentou:

“Além de terem chegado a mim essas informações, eu tive certeza absoluta de que quem estivesse por trás desse homicídio, dessa execução, iria colocar isso na conta da família Bolsonaro.”

Renova Mídia com informações da Veja