Notícias de Última Hora

Homem lutou com uma das cobras mais mortais do mundo enquanto conduzia

Ao mesmo tempo que tentava parar o carro, Jimmy pegou no cinto e numa faca que tinha consigo e lutou contra a cobra castanha


“Foi muito assustador”, afirmou Jimmy a um agente da polícia de Queensland, na Austrália, que o mandou parar por ir em excesso de velocidade. Afinal, Jimmy tinha motivos fortes para estar a conduzir a 123 quilômetros por hora na Dawson Highway. O homem tinha acabado de matar uma cobra castanha, um réptil extremamente venenoso e responsável pela maioria de mortes por mordeduras de cobras na Austrália, e julgava ter sido mordido pelo animal, revela a CNN.


Jimmy dirigia-se assim para o hospital mais próximo. Depois de receber ordens da polícia para parar o carro, o homem, visivelmente agitado, apressou-se a explicar a sua situação ao agente da polícia.

“Uma cobra castanha ou uma cobra tigre está na parte de trás da carrinha. Penso que fui mordido, estava dentro do carro comigo. Pode sentir o meu coração, amigo”, disse Jimmy para o polícia. “Quanto mais mexia as pernas… começou a enrolar-se à minha volta. Mordeu o assento do condutor entre as minhas pernas”, acrescentou.

Ao mesmo tempo que tentava parar o carro, Jimmy pegou no cinto e numa faca que tinha consigo e lutou contra a cobra castanha. Acabou por matá-la.



Face à possibilidade de ter sido mordido, o agente da polícia pediu ajuda para Jimmy pelo rádio. Quando os paramédicos chegaram, determinaram que o homem não tinha sido mordido, mas estava em choque.

No final, Jimmy expressou a sua satisfação por ter sido mandado parar pela polícia. “Nunca me senti tão feliz por ver as luzes azuis e vermelhas”, assegurou.

Fonte: Noticias ao Minuto