Notícias de Última Hora

Mãe surta e mata filho de dois meses em Parauapebas

Policiais isolaram o local para a realização da pericia. | Reprodução/Ronaldo Modesto
Uma mulher identificada como Lídines Miranda Silva, de 25 anos, foi presa em flagrante na tarde desta sexta-feira (14), suspeita de matar o próprio filho, um bebê de apenas dois meses e nove dias de vida. A criança foi morta por estrangulamento, em uma construção localizada próximo a residência onde mora no bairro Parque dos Carajás, em Parauapebas, município do estado do Pará.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 12h40, a guarnição foi acionada para atender a chamada indicando a existência do corpo na construção. Quando chegaram no local, encontraram o corpo da criança. O Corpo de Bombeiros foi chamado e constatou o óbito do menino, em seguida, a Polícia Civil e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para os procedimentos cabíveis.

Para a PM, testemunhas informaram o paradeiro da mãe, que estava a poucas ruas do local que o corpo do bebê foi encontrado e ao chegarem na residência, a mulher apresentou confusão mental e começou a tirar a roupa do corpo. O pai da criança e marido de Lídines, disse que a esposa já estaria surtando dias atrás, chegando a ficar transtornada.


A delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), será a responsável por conduzir o caso. Em entrevista a um portal de notícias, a delegada que cuida do caso, Ana Carolina, disse que Lídines “aparenta estar em surto psicótico, mas quem vai solicitar a comprovação disso é a defesa dela”.

Ela informou ainda que, a acusada ainda será ouvida, além das testemunhas, já as crianças que estavam no local, serão também ouvidas para entender o que de fato aconteceu.

Com informações Portal de Carajás