Notícias de Última Hora

Pai mata filho de 5 anos degolado e ri ao chegar na delegacia

Demonstrando frieza, Arsenio sorriu ao se apresentar na delegacia

| Reprodução
Um garoto de apenas de cinco anos morreu após ter o pescoço cortado na madrugada da última quinta-feira (13), no bairro Bahia Nova, em Rio Branco. O suspeito de cometer o crime bárbaro é o pai da criança, o servente de pedreiro Cristiano Lima Arsenio, de 25 anos. Demonstrando frieza, Arsenio sorriu ao se apresentar na delegacia.

Segundo o delegado Frederico Tostes, da Delegacia de Flagrantes (Defla), o servente furou a garganta da criança com uma faca, mas ainda não se sabe o motivo.

“Só ouvi uma pessoa até agora, que foi o pastor a quem o autor estava ajudando a aterrar o quintal da igreja. Nem para o pastor ele disse o motivo, estamos ouvindo uma segunda testemunha que afirmou também não saber o motivo”, disse o delegado.


A Polícia Militar informou que quando a guarnição chegou no local já estava uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atestou o óbito da criança.

Ainda segunda a PM, os policiais ouviram a mãe da criança e ela disse que o marido é o pai da criança e que é usuário de drogas. Quando ela acordou pela manhã, por volta das 7h30, percebeu que Arsenio não estava mais em casa e que o filho de cinco anos estava desacordado com um corte no pescoço.


Com informações do portal Juruá em Tempo/ Acre